Categorias
Plataformas p2p

Risco de empréstimos P2P com o coronavirus, covid-19

Nas últimas semanas, os mercados globais sofreram o seu pior desempenho em anos, à medida que o coronavírus continua em expansão e a arruinar muitos negócios. Mas quais são as opções mais seguras para novos investidores ou aqueles que desejam investir o seu dinheiro? Com os negócios impedidos pelo coronavírus, muitas empresas diminuíram as suas previsões, o que derrubou a confiança nos mercados.

Embora os empréstimos P2P envolvam colocar o dinheiro em risco (sim, porque o risco existe sempre), os P2P oferecem um meio termo entre o mercado de ações atualmente volátil e o mercado zero. Isto significa que podemos obter uma taxa de crescimento melhor do que a maioria das contas de poupança que são praticamente zero.

Emprestar dinheiro é um assunto arriscado. No entanto, existem maneiras de minimizar o risco.

Entenda a plataforma
Pesquise, leia e entenda como o modelo P2P funciona antes de emprestar dinheiro. Um investidor deve estar ciente de como o dinheiro é emprestado na plataforma e quais são os riscos envolvidos no empréstimo de dinheiro na plataforma.

Invista só uma parte das suas economias
As plataformas P2P podem oferecer retornos muito altos. Mas isso não significa que deva emprestar toda a sua economia numa única plataforma P2P. Não coloque toda a sua economia em empréstimos P2P. Escolha o valor que deseja investir e depois diversifique por várias.

Divida dinheiro entre plataformas
Se planeia emprestar dinheiro numa plataforma P2P, é sempre melhor começar com quantias menores. Tente dividir entre várias opções de investimento e plataformas P2P. Comece por perceber como funcionam, qual o retorno, e depois vá investindo consoante ganha confiança com as mesmas.

Escolha plataformas P2P com vários anos de mercado
Escolher uma plataforma experiente também ajudará. Se a plataforma estiver no mercado por mais tempo, eles terão todo o suporte necessário em vigor; seja suporte de cobrança, suporte jurídico ou atendimento ao cliente.

Falando das minhas escolhas, pelos anos de mercado e pelas taxas de retorno, tenho investimento na Bondora, Mintos e Twino, além de uma carteira de diversas ações portuguesas e americanas.

Sónia Reis

Por Sónia Reis

Olá, o meu nome é Sónia e sou uma investidora portuguesa de 36 anos. Partilho os meus investimentos e conhecimentos para que qualquer pessoa sem conhecimentos financeiros possa também começar a investir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.