Categorias
Plataformas p2p

Rentabilidade, como calcular

Na área dos investimentos, a rentabilidade é o que nos indica a percentagem de valorização ou desvalorização de um investimento. Basicamente, é o indicador que nos informa se estamos a fazer um bom ou mau negócio com esse investimento. Essa rentabilidade normalmente é expressa por juros. Por exemplo, se fizer um depósito a prazo fixo que lhe vai render uma taxa de juros de 5% ao ano, os 5% são a sua rentabilidade.

Na área dos investimentos, a rentabilidade é o que nos indica a percentagem de valorização ou desvalorização de um investimento. Basicamente, é o indicador que nos informa se estamos a fazer um bom ou mau negócio com esse investimento. Essa rentabilidade normalmente é expressa por juros. Por exemplo, se fizer um depósito a prazo fixo que lhe vai render uma taxa de juros de 5% ao ano, os 5% são a sua rentabilidade.

Calcular a rentabilidade de um investimento é essencial para qualquer investidor, para poder comparar facilmente aplicações financeiras. Se souber atempadamente a taxa de juro que um investimento que vai render, pode optar por investir ou não. Por vezes as taxas são tão baixas, ou até negativas, que não justifica o risco do investimento. Mas afinal, como se pode calcular de forma simples a rentabilidade de um investimento?

Como calcular a rentabilidade de um investimento?

Normalmente, quando faz um investimento, sabe de antemão qual a taxa associada ao investimento. Mas nem sempre é assim. Vamos ver dois casos práticos:

Foram investidos 1.000€ que rendem 15€ Portanto, o valor no término do período foram de 1.015€. A conta pode ser feita de forma direta, simplesmente dividindo o rendimento pelo capital aplicado:

15€ ÷ 1.000€ = 0,015 (ou 1,5%) de rendimento.

DE forma mais complexa, imaginemos um investimento que durou 3 anos e que teve uma rentabilidade variável ao longo do tempo. +10% no primeiro ano, -13% no segundo e +17% no terceiro. Qual foi a rentabilidade ao fim dos 3 anos? Parece um cálculo difícil, não parece? Pode ser mais complexo que o exemplo anterior, mas não é impossível. Utilizando a técnica de juros compostos, temos a seguinte fórmula:

(1+0,10)*(1-0,13) x (1+0,17)^(1/3 anos) = 1,038
(1,038 – 1) x 100 = 3,8% ao ano.
Sónia Reis

Por Sónia Reis

Olá, o meu nome é Sónia e sou uma investidora portuguesa de 36 anos. Partilho os meus investimentos e conhecimentos para que qualquer pessoa sem conhecimentos financeiros possa também começar a investir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.